quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Ladeira da Insônia

6 horas
Era isso e mais nada
A noite inquieta e aflita
Passa sorrateira e vazia
Enquanto toda a vizinhança silencia
Meus olhos se recolhem
E me jogo em mais uma tentativa
Corpo jogado para o lado
Mãos abraçando o travesseiro
E os pensamentos vagando como um redemoinho
De nada adianta tentar dormir
Torno a olhar o despertador
Você tem 5 horas a partir de agora, ele responde
Respiro fundo e penso
Se tem uma coisa que você sabe
É que tudo acaba dando certo
Tá bom, tá bom
Lá vai mais uma tentativa
Se eu não voltar a escrever
É porque deu certo mesmo


Thaís Pires-Alves.
Copyright: Thaís Pires-Alves